Notícias

Barulho de fábricas deixa pássaros com sintomas de transtorno do estresse

O ruído de fábricas de petróleo e gás dificulta a reprodução de pássaros, que também passam a apresentar sintomas semelhantes a seres humanos que sofrem de transtorno de estresse pós-traumático, mostra pesquisa publicada no “PNAS (Proceedings of the National Academy of Sciences)”.

Cientistas observaram que pássaros expostos ao barulho possuíam alterações nos níveis de cortisol (hormônio relacionado ao estresse). Essas alterações, sugerem os cientistas, provavelmente estão relacionadas ao aumento da ansiedade e da vigilância provocada pelo ruído.

Ainda, havia mais dificuldade de reprodução e, em alguns casos, a ninhada nascia atrofiada. Pesquisadores também identificaram que alguns passáros possuíam corpo menor e menos penas em relação à média de animais que não vivem em regiões próximas a excesso de ruído.

Para medir o efeito do barulho, pesquisadores acompanharam três espécies de aves que se reproduzem perto de operações de petróleo e gás no Departamento de Gestão de Terras no Novo México, nos Estados Unidos.

Cientistas deixaram 240 ninhos em 12 regiões diferentes. Além da observação, eles colheram amostras de sangue dos pássaros em três momentos diferentes. Curiosamente, as aves apresentavam níveis menores de cortisol, o hormônio do estresse, indica o estudo.

Confira a matéria completa na página do G1 através do link Barulho de fábricas deixa pássaros com sintomas de transtorno do estresse

Gostou? Compartilhe com os amigos !!

About São Camilo Biotecnologia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *